Pré-eclâmpsia, o que devemos saber?

Um tema que devemos abordar com nossas mamães é a pré-eclâmpsia, que ocorre quando uma mulher grávida tem pressão arterial elevada. O nome pré-eclâmpsia foi dado uma vez que essa condição favorece a eclâmpsia, um tipo de convulsão que acontece na gravidez e pode ser fatal para a mãe e bebê.

Se não for tratada, a pré-eclâmpsia pode levar a sérias – até mesmo fatais – complicações para a gestante e seu bebê. Se há diagnóstico de pré-eclâmpsia, grávida e equipe médica devem trabalhar para que o bebê não corra risco de complicações antes do parto ocorrer. Segundo dados do Ministério da Saúde, a hipertensão é responsável por 13,8% das mortes maternas no Brasil, sendo a principal causa de morte durante a gravidez no país.

O pré-natal de rotina é de grande importância para diagnosticar e tratar a pré-eclâmpsia.

O exame de ultrassom com doppler colorido é um dos maiores contribuintes para identificar, seguir e controlar a pré-eclâmpsia.

Converse com seu médico. A Clinica SOL, CEU Contagem realiza o exame de ultrassom com doppler, atendemos convênios, particulares e tabela diferenciada para o SUS.